Mobilidade

Peugeot liderou mercado automóvel português no primeiro trimestre do ano

Ana Regina Ramos

21-04-2021

A liderança da Peugeot no primeiro trimestre do ano alargou-se igualmente ao mercado de Passageiros e ao de Comerciais Ligeiros.

Foto: Peugeot

A Peugeot liderou o mercado automóvel português nos primeiros três meses de 2021 ao comercializar 5.843 viaturas de passageiros e comerciais ligeiros.

A marca elevou também a sua quota de marcado para 15,3%, contra os 12,3% registados no período homólogo do ano passado, resultado que traduz a atual preferência dos clientes portugueses e é alcançado num mercado que caiu 26,6% face a 2020 – período já afetado pelo impacto da pandemia -, tendo a Peugeot limitado a sua baixa de vendas a -8,8%, refere um comunicado da marca.

A liderança da Peugeot no primeiro trimestre do ano alargou-se igualmente ao mercado de Passageiros (VP) e ao de Comerciais Ligeiros (VCL), considerados de forma isolada.

No mercado de Passageiros, a Peugeot matriculou nestes primeiros três meses 4.594 viaturas novas, volume que lhe assegurou uma fatia de 14,8% do mercado e um aumento significativo face aos 10,8% conseguidos em igual período do ano passado.

A marca também liderou as vendas em Portugal no mercado de Comerciais Ligeiros, com 1.249 unidades matriculadas, que correspondem a uma quota de 17,7%.

No mês de março, a marca manteve a tendência de liderança que já havia assumido em janeiro e fevereiro, voltando a liderar as tabelas de vendas e fazendo o pleno nas três vertentes do mercado.

No conjunto do mercado VP + VCL, de acordo com o documento, a marca comercializou 2.186 unidades em março, representando uma quota de mercado de 14%, contra 9,7% no mesmo mês de 2020. Entre os veículos de Passageiros, a marca comercializou 1.659 viaturas e contou com uma quota de 13,1% (foi de 8,1% há um ano). Já no mercado de Comerciais Ligeiros, vendeu 527 unidades, para uma quota de 18%.

A Peugeot "foi, de forma destacada, a marca automóvel preferida dos portugueses neste período, com uma vantagem de mais de 6 p.p. sobre a segunda marca mais vendida". Eleita “Marca Escolha do Consumidor” pelo oitavo ano consecutivo, a Peugeot apresenta uma estratégia "assente em plataformas tecnológicas de última geração, apostadas na transição energética e na descarbonização, uma gama renovada de modelos e uma rede de concessionários que respondem particularmente bem às expectativas dos clientes".