José Luís Carneiro, que anteriormente exerceu funções presidente da Câmara Municipal e da Assembleia Municipal de Baião, deverá assumir o cargo de ministro da Administração Interna, no XXIII Governo.

A informação é avançada pela SIC Notícias, que refere que a lista de possíveis nomes, e respetivo ministério que vão ocupar, será entregue esta quarta-feira, dia 23 de março, ao Presidente da República.

Segundo a mesma fonte, o número de mulheres à frente dos Ministérios deverá aumentar de oito para nove, havendo seis ministros que se mantêm e sete novas caras. 

Na lista anunciada pela SIC Notícias, os seguintes nomes mantém-se: Mariana Vieira da Silva (Ministério da Presidência); Ana Mendes Godinho (Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social); Marta Temido (Ministério da Saúde); Pedro Nuno Santos (Ministério das Infraestruturas e  Habitação); Ana Abrunhosa (Ministério da Coesão Territorial) e Maria do Céu Antunes (Ministério da Agricultura e da Alimentação).

Para além de José Luís Carneiro, que é o nome indicado para o Ministério da Administração Interna, os novos nomes são os seguintes: Helena Carreira (Ministério da Defesa Nacional); Catarina Sarmento e Castro (Ministério da Justiça); Fernando Medina (Ministério das Finanças); Ana Catarina Mendes (Ministro (a) Adjunto e dos Assuntos Parlamentares); António Costa e Silva (Ministério da Economia e do Mar); André Moz Caldas (Ministério da Cultura); Elvira Fortunato (Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior); João Costa (Ministério da Educação); Duarte Cordeiro (Ministério do Ambiente e Ação Climática).

Por fim, João Gomes Cravinho deverá trocar o Ministério da Defesa Nacional pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Refira-se ainda que a tomada de posse do XXIII Governo Constitucional deverá acontecer na próxima semana, na tarde de dia 30 de março.