Os membros das mesas de voto e funcionários das juntas de freguesia vão ser vacinados contra a COVID-19 no próximo sábado, dia 15 de janeiro, com uma dose de reforço.

Quem pertencer a este grupo vai ser convocado por SMS, através de agendamento central, refere um comunicado do Ministério da Administração Interna, mas vão existir ainda senhas digitais para as pessoas elegíveis que não recebam a mensagem, mediante a apresentação de um documento comprovativo das funções em causa.

A Administração Eleitoral está a recolher informações junto das Câmaras Municipais e juntas de freguesias relativas à identificação dos membros das mesas de voto e funcionários das juntas que prestam apoio ao ato eleitoral, que pretendam receber este reforço da vacina.

Esta é uma decisão do Governo, que está a ser operacionalizada pelo Núcleo de Coordenação de Apoio ao Ministério da Saúde, com o apoio da Administração Eleitoral.

No total, estão previstas 16.427 mesas de voto para estas eleições legislativas, das quais 2.606 no dia do voto antecipado em mobilidade, a 23 de janeiro de 2022.