Soalhães foi palco, no dia 10 de abril, de mais uma edição do Trail Rota das Capelas – Geraldo Gomes. O evento, que contou com Trail Longo, Trail Curto e Caminhada, teve a participação de quase 400 atletas.

Vítor Hugo, da ITER, responsável pela organização da prova, afirmou que o “balanço é muito positivo. Foi a prova que conseguimos, em termos de organização, que corresse melhor. O feedback dos atletas é também muito positivo”, sublinhou.

O organizador destacou ainda que a prova voltou a realizar-se “na data habitual”, uma vez que nos dois últimos anos esteve condicionada devido à pandemia da COVID-19. “O percurso melhorou e as alterações foram positivas, todos os atletas gostaram”, disse, deixando a esperança de que, nos próximos anos, o Trail Rota das Capelas “conte com uma adesão maior. Queremos atrair mais pessoas”.

António Monteiro, presidente da Junta de Freguesia de Soalhães, destacou que este foi um dia em que foi mostrada “a potencialidade da nossa terra”, referindo que este tipo de eventos “ajuda a impulsionar a economia da freguesia e a mostrar os melhores recursos endógenos. Congratulo todos os atletas participantes, a organização do evento, bem como todas as pessoas envolvidas. Foi uma manhã de domingo muito bem passada”, garantiu.

Por sua vez, a presidente da Câmara Municipal de Marco de Canaveses, Cristina Vieira, recordou a importância de Geraldo Gomes, que dá nome à prova, para o início do Trail Rota das Capelas. “Era uma referência em Soalhães e será sempre lembrado neste tipo de atividades”, sublinhou.

A autarca defendeu que “esta prova é já uma referência da modalidade e todos os anos traz centenas de atletas ao concelho do Marco de Canaveses. Felicito a Junta de Freguesia de Soalhães e a ITER, responsáveis pela organização da prova, pelo trabalho realizado na preparação deste evento e na promoção de uma modalidade que o município vê como estratégica, uma vez que se disputa essencialmente na natureza, de que é tão rico o nosso território”, concluiu.