Junto ao rio Tâmega cumpriu-se, na noite desta terça-feira, dia 1 de março, a tradição do “Enterro do Artur”, na freguesia de Sobretâmega, em Marco de Canaveses.

O evento iniciou com a reunião dos foliões junto ao boneco tosco, conhecido por Artur, deitado numa urna de madeira, onde todos choram a sua morte e se ouvem os gritos das viúvas e amigos. Seguiu-se o primeiro sermão e iniciou-se o cortejo fúnebre pelo centro da Aldeia de Canaveses em direção ao rio. Reuniram-se todos à volta do Artur, leu-se o último sermão e fizeram-se as despedidas. De seguida, queimou-se o defunto e enviou-se para a última viagem pelo rio.

O Enterro do Entrudo é uma antiga tradição da freguesia de Sobretâmega.