As Festividades da Nossa Senhora do Castelinho vão regressar aos moldes pré-pandemia da COVID-19. Arrancam no dia 7 de setembro, com a tradicional procissão de velas, pelas 21h00. Nesse dia, a imagem da Nossa Senhora segue do santuário até à Igreja Paroquial de Avessadas, no concelho de Marco de Canaveses.

No dia 8, e como habitualmente acontece, estarão presentes as Cruzes Passionais e várias paróquias marcoenses, a procissão matinal leva a imagem de regresso ao Santuário do Castelinho.

Esta celebração conta com a presença dos párocos do concelho e também do Bispo do Porto, D. Manuel Linda. Às 17h00, realiza-se a procissão das promessas à Nossa Senhora, em volta do Penedo do Clamor. Uma peregrinação ancestral, onde se destacam sobretudo grávidas e mães acompanhadas dos seus filhos que cumprem as suas promessas e oferendas.

Rosa Torres, provedora da Irmandade da Nossa Senhora do Castelinho, destaca o regresso das celebrações aos moldes pré-pandemia. “É positivo, animador e é uma alegria. Temos tido contacto com pessoas que estão ávidas desta festa, desta cerimónia religiosa, estão ansiosos de estar presentes”, sublinhou.

A provedora revelou ainda que a imagem da Nossa Senhora da Natividade do Castelinho vai ser recebida, na igreja de Avessadas, de forma diferente do habitual, uma vez que o local anteriormente utilizado, já era pequeno para o número de pessoas presentes. “Estamos a pensar que iremos ter mais gente, então mudamos de sítio”, disse.

Rosa Torres, termina garantindo que “a Nossa Senhora do Castelinho vai receber todos os peregrinos de braços abertos, para festejar o dia do seu aniversário”.