“Pais conscientes, família feliz” foi o mote para uma palestra sobre a parentalidade consciente dinamizada por Mikaela Övén e promovida pelo Caerus CLDS-4G, que decorreu no Emergente Centro Cultural, na sexta-feira, dia 30 de setembro.

Na qualidade de projeto de ação social o Caerus CLDS-4G “tem uma missão específica no apoio às famílias. Fazêmo-lo há 10 anos de diferentes e variadas formas: através de programas de educação parental, ações de sensibilização e temos tentado inovar, procurando novos olhares e perspetivas para esta intervenção”, afirmou Judite Freitas, diretora do projeto.

Neste sentido, “convidarmos a Mikaela Övén e percebermos melhor o que é a parentalidade consciente, parecia-nos a atividade indicada para todos os pais e mães de Marco de Canaveses”, explicou.

Para Judite Freitas, existem momentos “mais críticos para as famílias. O início do ano letivo implica nova organização de rotinas e termos esta palestra, neste momento, é uma inspiração para as famílias marcoenses”.

Foi perante uma sala cheia que a convidada e fundadora da Academia de Parentalidade Consciente abordou a temática da parentalidade consciente, que é “uma forma de olharmos para o nosso papel de pais e mães, de uma forma mais abrangente e holística, e percebermos o quão importante é o nosso bem-estar para o bem-estar dos nossos filhos. É muito mais importante do que estarmos focados em educar, é importante focarmos na relação que temos com os nossos filhos. é através dessa relação que vão crescer, aprender, sentir-se seguros ou não. Portanto, quanto melhor a relação que temos com os filhos, melhores cidadãos serão, mas também mais felizes serão”, explicou.

Falar sobre parentalidade e pais conscientes “é sempre importante. Hoje em dia temos o luxo de poder pensar nisso de uma forma que antigamente não se podia, porque temos uma série de necessidades básicas asseguradas”, sublinhou.