Foi aprovado, no dia 2 de dezembro, o Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios 2022-2031, numa reunião da Comissão Municipal de Gestão Integrada de Fogos Rurais do Marco de Canaveses.

De acordo com um comunicado enviado pela autarquia, o Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios define as medidas necessárias na área da prevenção e planeamento, ao nível da definição das faixas de gestão de combustível, melhoria de caminhos que atravessam os espaços rurais, construção de pontos de água, sensibilização, e melhoria da eficácia do ataque e gestão de incêndios.

Este plano, que tem um planeamento a 10 anos, tem uma estimativa orçamental total de 4.917.030€, sendo que à câmara municipal cabe assumir cerca de dois milhões de euros e o restante valor é assumido pelas Infraestruturas de Portugal, E.Redes e REN.

Cristina Vieira, presidente da Câmara Municipal de Marco de Canaveses, afirmou que “o nosso trabalho de planeamento e prevenção tem gerado resultados muito positivos. Até 30 de novembro de 2022, estamos com um registo de menos 21% de incêndios rurais e menos 73% de área ardida relativamente à média anual da década 2012-2021. Este ano já foram limpos 125,36 hectares de terreno, estando planeado para o ano de 2023 a limpeza de 197,47 hectares. Para o próximo ano está ainda prevista a gestão de espaço florestal com recurso ao fogo controlado em 92,90 hectares, entre outras medidas de sensibilização em que temos estado seriamente empenhados e que iremos continuar a levar a cabo”.

O documento agora aprovado já tinha tido parecer vinculativo favorável por parte do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas e esteve em consulta pública de 21 de setembro a 13 de outubro, tendo sido apresentados oito contributos.

Após o período de consulta pública, foi elaborado o relatório submetido, para apreciação e votação, à Comissão Municipal de Gestão Integrada de Fogos Rurais, tendo sido aprovado por unanimidade, estando agora em condições de submissão e aprovação em sede de Assembleia Municipal.