O Município do Marco de Canaveses aprovou, por um prazo de 20 anos, a cedência do edifício da antiga Escola Primária de São Sebastião, na freguesia de Vila Boa de Quires e Maureles, à Associação Obras Sociais São Vicente de Paulo – Centro Social de Vila Boa de Quires.

O Contrato de Cedência do edifício municipal, assinado a 2 de dezembro de 2020, era válido pelo período de cinco anos, estando prevista a sua renovação automática por igual período de tempo. No entanto, como explica o município no site oficial, “no âmbito de uma candidatura da referida associação ao financiamento através do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) para ampliação e adequação da cozinha, existia a necessidade de acautelar que a duração do contrato de cedência se prolongasse por, pelo menos, 20 anos”.

Agora a cedência do estado prevê uma validade de 20 anos, “a contar a partir da data da adenda, renovando-se automaticamente por períodos de cinco anos, caso não seja denunciado relativamente ao termo inicial do período de duração ou de qualquer das suas renovações”, acrescenta.

A aprovação da candidatura ao Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) permitirá aumentar a capacidade de respostas sociais da Associação Obras Sociais São Vicente de Paulo – Centro Social de Vila Boa de Quires em 50 novas vagas (20 em Centro de Dia e 30 em Apoio Domiciliário).