Em 2021 nasceram quase 80 mil bebés em Portugal, mais de 10 mil ou seja 14% são filhos de mães estrangeiras, segundo um estudo do PORDATA.

 “A proporção tem vindo a aumentar sucessivamente desde 2016, invertendo a tendência de decréscimo registada entre 2011 e 2015”, é referido no estudo publicado no Dia Internacional dos Migrantes.

A partir de 2015 a percentagem de nascimentos de mãe estrangeira tem vindo a aumentar, desta forma, no ano de 2021 o número atingiu os 10.808, perante um total de 79.582 mil bebés, segundo o estudo do PORDATA.

Desde 1995 o maior número de bebés de mãe estrangeira foi registado em 2020 atingindo um valor de 11.355 num universo total de 84.530 nascimentos.