O município de Lousada vai passar a ter Balcão Único do Prédio, plataforma através da qual é possível identificar e delimitar os prédios rústicos e mistos existentes no concelho, sem qualquer custo para os proprietários.

A partir da próxima segunda-feira, dia 7 de fevereiro, e até junho de 2023, vai ser implementado o Sistema de Informação Cadastral Simplificado. O projeto conta com um investimento de 100 mil euros, sendo que o Fundo Social Europeu, através do Norte 2020, apoiou em 85% do total. 

Este projeto passa por instalar balcões de atendimento nas sedes das Juntas de Freguesia, onde se encontrarão técnicos a auxiliar na identificação, delimitação e registo das propriedades na plataforma BUPi (Balcão Único do Prédio).

A ideia principal é conhecer “o território português de uma forma simples e inovadora”, valorizando os recursos, prevenindo incêndios, ordenando o território e identificando os proprietários, explica um comunicado da autarquia.

Foto: Município de Lousada

Texto redigido com o apoio de Sofia Gomes, aluna estagiária da Universidade de Trás-Os-Montes e Alto Douro