O piloto de Lousada Leonel Sampaio vai iniciar em Montalegre, neste fim de semana, uma temporada na qual quer ser “muito mais competitivo” no Campeonato de Portugal de Ralicross by Transwhite.

As expectativas são “boas” e tem “muita ambição”. “Em 2021, enfrentamos com muita garra e sacrifício a passagem para os S1600 e julgo que rubricamos boas exibições ao longo do ano”, disse, citado num comunicado.

O 11.º lugar final “ficou aquém” do que mereciam, sublinha, acrescentando que foi, “sobretudo, um bom ano para aprender quer no que respeita à forma bem diferente” com que tem de encarar as corridas nesta divisão, “quer sobretudo na adaptação ao Škoda Fabia S1600”.

O carro checo foi alvo de “um profundo trabalho de evolução”, desde a embraiagem, “que no ano transato foi sempre um problema, ao motor e às suspensões”. “Fiquei muito satisfeito no teste que fizemos na Costilha. O carro está uma pistola”, garantiu.

Quanto à prova de arranque, o piloto de Lousada chega ao Gerês: “com consciência de que o nosso conhecimento da pista de Montalegre fica aquém da maioria dos nossos adversários. Ainda tenho algumas dúvidas em três curvas, que só poderei dissipar durante o fim de semana”.