As habitações sociais de Meinedo, em Lousada, estão a sofrer obras de beneficiação no âmbito da eficiência energética.

Os trabalhos, que tiveram início no final de novembro e deverão estar concluídos em maio, incluem a colocação de vidros duplos e alumínio com corte térmico, isolamento das paredes exteriores (“capoto”), colocação de sistema aquecimento de águas sanitárias e substituição da cobertura por painéis sandwich, indica um comunicado da autarquia.

As intervenções têm como objetivo principal “a eficiência energética nas habitações, nomeadamente a implementação de medidas integradas de promoção da eficiência energética racionalizando os consumos”.

O investimento total é superior a um milhão e 250 mil euros, sendo que o apoio do FEDER ronda os 916 mil euros. A obra insere-se na candidatura ao Norte 2020, através do FEDER (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional), relativo à prioridade de investimento “Apoio à eficiência energética, à gestão inteligente da energia e à utilização das energias renováveis nas infraestruturas públicas, nomeadamente nos edifícios públicos e no setor da habitação”.

Estes empreendimentos de habitação social representam uma população de 93 agregados familiares, com uma média de 212 pessoas e um total de 93 frações autónomas. Em Lustosa, o processo encontra-se concluído, estando, atualmente, também a decorrer em Cernadelo.