A Liga dos Bombeiros Portugueses atribui as distinções honoríficas medalha de quadro de honra; medalha de serviços distintos, grau ouro e crachá de ouro a um grupo de Bombeiros de Cinfães “pelos serviços relevantes e extraordinários prestados à causa dos bombeiros e pelo exemplar comportamento e dedicação”.

A imposição das condecorações acabou por decorrer no dia 17 de dezembro, na Biblioteca Municipal, cerimónia que foi presidida pelo autarca do município, Armando Mourisco.

Foto: Município de Cinfães

Desta forma, o segundo comandante, João Correia da Silva, o chefe Almerindo Ribeiro, chefe José Augusto Pereira e o chefe José Tavares foram condecorados com medalha de quadro de honra. Já o comandante Henrique Pereira e o Bombeiro de Primeira, Pedro Cardoso, foram condecorados com a medalha de serviços distintos, grau ouro.

O crachá de ouro, uma das mais altas distinções da Liga dos Bombeiros Portugueses, foi atribuído, a título póstumo, ao chefe Armando Fonseca, que faleceu subitamente em junho passado ao serviço dos bombeiros. Além disso foram condecorados, igualmente com o crachá de ouro, o segundo comandante, João Correia da Silva, o chefe Almerindo Ribeiro e o chefe José Augusto Pereira.

Foto: Município de Cinfães

O presidente da Câmara Municipal de Cinfães, Armando Mourisco, referiu que “é uma honra estar presente nesta homenagem” e destacou que “temos de nos vergar perante os nossos bombeiros pelo exemplo que dão e pelo que fazem, pela nossa terra e pelas nossas gentes”.

Por fim, o autarca também mencionou que o regulamento de atribuição de regalias sociais aos bombeiros voluntários do concelho será revisto com o objetivo de o tornar “ainda mais atrativo”.