Liane Moura e Joana Coutinho, jovens atletas da ACRF – Associação Cultural e Recreativa de Fervença, conquistaram, respetivamente, medalhas de ouro e bronze nos Mundiais de artes marciais, que decorreram na Turquia, no fim de semana.

As jovens atletas celoricenses tiveram “uma prestação muito acima das expectativas, nesta que foi a sua primeira experiência numa prova internacional”, refere um comunicado da autarquia.

Liane Mendes trouxe a medalha de ouro no escalão sénior de full contact para menos de 70 kg e Joana Coutinho arrecadou a medalha de bronze na categoria Júnior K1 sparring para mais de 70 kg, destacando-se ainda a prestação de Luís Branco, que alcançou os quartos de final onde protagonizou “um excelente combate”.

Márcio Neves, responsável da ACRF pelo desenvolvimento desta modalidade, sublinhou “o orgulho pela prestação das atletas, numa competição de dimensão mundial onde só a participação já acrescenta valor aos atletas e ao clube”. “Os resultados são extraordinários e motivadores para todos os envolvidos e são o reconhecimento do trabalho e do esforço dos atletas que se empenharam na preparação desta que foi a sua primeira participação numa competição desta importância”, acrescentou.

A vereadora com o Pelouro do Desporto, Maria José Marinho, congratulou a ACRF pelos “excelentes resultados desportivos, obtidos numa competição que juntou os melhores do mundo destas modalidades”. “Estes resultados refletem a capacidade das nossas atletas e a qualidade do trabalho das nossas coletividades, que vão obtendo, cada vez mais, distinções nacionais e internacionais. O município apoiou a participação do clube e das atletas nesta competição e os resultados obtidos são motivo de orgulho e satisfação, uma vez que refletem o investimento da autarquia no apoio ao desenvolvimento da prática desportiva, em várias modalidades e por todo o concelho, potenciando o talento que existe no território”, concluiu.