Já iniciou, a 10 de fevereiro, a produção do novo Opel Astra em Rüsselsheim.

Ao longo dos próximos meses, a nova geração do Opel Astra vai ser “a pedra angular da ofensiva de eletrificação da marca com sede em Rüsselsheim”. O novo Astra de cinco portas vai chegar aos clientes na primavera e vai estar disponível em versão plug-in hybrid logo desde o arranque das vendas. 

No próximo ano, o Astra-e puramente elétrico vai completar a gama.

“O novo Astra foi desenvolvido com amor e dedicação até ao mais pequeno detalhe. Foi, também, o primeiro modelo que apresentei quando assumi o cargo de CEO da Opel, pelo que tenho, obviamente, uma ligação especial com este ‘best-seller’ do segmento compacto”, afirmou Uwe Hochgeschurtz, CEO da Opel. “Desenhado, projetado e agora produzido na nossa sede de Rüsselsheim, este recém-chegado modelo irá dar-nos um impulso adicional. Estou já ansioso por ver o novo Astra nos concessionários e nas mãos dos nossos clientes, na primavera”, continuou.

Foto: Opel

“A Opel está em casa aqui em Hesse. Há muitas gerações que a Opel tem aqui a sua dinâmica, com pessoas que também continuam a produzir e a desenvolver a marca. A sua sede em Rüsselsheim é um importante empregador em toda a região, pelo que é particularmente gratificante que o novo Astra esteja a sair desta linha de produção de Rüsselsheim. Com isto, a empresa reforça o seu compromisso em assegurar a continuidade das infraestruturas. A região de Hesse está, também, a fazer a sua parte para garantir que este construtor automóvel tenha boas condições-quadro para a produção, desenvolvimento e investigação. A indústria automóvel passa, presentemente, por uma enorme transformação estrutural. O Governo Estadual de Hesse continuará a apoiar a Opel na gestão deste desafio. Com o início da produção de hoje e a conversão para a mobilidade elétrica prevista para 2028, a companhia demonstra que tem uma visão bem alicerçada no futuro”, sublinharam Volker Bouffier, primeiro-ministro de Hesse, e o seu ministro da Economia, Tarek Al-Wazir.

Foto: Opel

“O aumento da competitividade da fábrica de Rüsselsheim garantiu que este modelo emocionante pudesse ser produzido aqui”, afirmou Ralph Wangemann, diretor-geral de Recursos Humanos e diretor de Questões Laborais. “Este investimento irá permitir trabalhar em dois turnos, sendo que as competências, dedicação e empenho dos colaboradores irão desempenhar um papel importante no sucesso futuro do nosso novo Astra”, concluiu.

“A equipa lidou de uma forma excelente com as inúmeras restrições relacionadas com a pandemia. Estamos extremamente orgulhosos em ser a nova casa do Astra – um best-seller de última geração do segmento compacto em termos de excelência de qualidade”, disse Michael Lewald, diretor da Fábrica.