O CHTS foi um dos quatro vencedores de uma das Bolsas “Mais Valor em Saúde”.

O projeto vai criar uma Plataforma Inteligente de Sinalização de Doentes à Hospitalização Domiciliária e de acordo com a unidade hospitalar, “através de inteligência artificial e machine learning, contribuir para a seleção de um maior número de doentes a serem integrados na hospitalização domiciliária, um modelo de internamento, em ambiente doméstico e familiar, com um nível altíssimo de satisfação por parte dos doentes e famílias”, pode ler-se numa publicação nas redes sociais do CHTS.