O homem que matou a tiro uma mulher de 46 anos em frente a uma fábrica, em Refontoura, Felgueiras, na manhã de segunda-feira, dia 6 de junho, ficou em prisão preventiva.

A informação é avançada pelos meios de comunicação nacionais, que afirmam que a decisão foi proferida esta terça-feira pelo Juízo de Instrução Criminal de Penafiel.

O casal tinha tido um relacionamento do qual resultou um filho.

Na segunda-feira, o homem de 45 anos entregou-se no posto da GNR de Lousada e a arma foi recuperada junto ao seu local de trabalho.