Um homem e uma mulher, de 34 e 49 anos, foram constituídos arguidos, na quarta-feira, dia 30 de março, por furto em estabelecimento comercial, em Amarante.

De acordo com um comunicado da GNR, no âmbito de uma denúncia envolvendo um furto num estabelecimento comercial, na localidade de Vila Meã, os militares da Guarda identificaram e localizaram os suspeitos, que foram constituídos arguidos. No seguimento da ação, foi realizada “uma busca domiciliária e uma em veículo, tendo sido possível apreender material de prova utilizado para perpetrar os ilícitos criminais”.

Os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Amarante.