Um homem de 44 anos foi detido, na passada terça-feira, dia 29 de março, por violência doméstica, no concelho de Penafiel. A detenção foi levada a cabo pelo Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Penafiel.

De acordo com o Comando Territorial do Porto, e no âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares apuraram que o agressor “agredia verbalmente, fisicamente e psicologicamente a sua companheira de 39 anos, com a qual vivia em união de facto há mais de dez anos. Nos últimos meses, o escalar dos episódios de violência, levou a vítima a abandonar a residência. Após diligências policiais, foi dado cumprimento a um mandado de detenção”, foi explicado.

O detido, com antecedentes criminais por ilícitos da mesma natureza, foi presente a primeiro interrogatório judicial, no mesmo dia, no Tribunal Judicial de Penafiel, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de proibição de permanecer, frequentar ou de se aproximar da habitação da vítima ou do seu local de trabalho, num raio de 500 metros, proibição de contactar, por qualquer forma com a vítima, controlado por pulseira eletrónica.