Um homem de 46 anos foi detido, no sábado, dia 28 de maio, por furto de um automóvel em Penafiel.

A detenção aconteceu na sequência de uma denúncia, informa um comunicado da GNR. Ao que o Jornal A VERDADE conseguiu apurar junto da mulher que fez a denúncia, na sexta-feira, tinha saído de casa “por volta das 17h30” e, meia hora depois, quando chegou, “o carro já não estava lá”

“Contactei a GNR, que disse para eu ir ao posto formalizar a queixa. Formalizei e, entretanto, para aí meia horita, nem tanto, deram-me a resposta que o carro já tinha sido encontrado. A Guarda perseguiu o ladrão e ele bateu contra o muro. Saiu fora do carro e fugiu a pé, mas, entretanto, a Guarda conseguiu apanhá-lo”, conta Manuela Nunes.

“Não o apanhei por minutos e foi mais por isso que eles conseguiram encontrá-lo. Contactamos logo e as autoridades puseram-se logo atentas”, continua, explicando que “foi a primeira vez” que o carro foi furtado e que não percebe o motivo.

O carro foi “encontrado em Penafiel, São Mamede de Recezinhos”, mas o furto “foi em Paredes, Mouriz”.

Na cidade de Paredes e “atendendo ao ‘modus operandi’ verificado, foi possível apurar-se que o autor do furto tem efetuado diversos ilícitos da mesma natureza em vários concelhos do distrito do Porto”

Nessa sequência, foi localizada a viatura furtada e o suspeito identificado. No seguimento da ação policial, o suspeito, “quando se apercebeu da aproximação da Guarda, colocou-se em fuga apeada, acabando por ser localizado e intercetado, tendo sido possível recuperar a viatura furtada” e apreender um computador portátil, diversos artigos de vestuário e um saco.

O detido foi presente ao Tribunal Judicial de Penafiel no dia 28 de maio, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

A ação policial contou com o reforço do Posto Territorial de Penafiel.