A Guarda Nacional Republicana (GNR) iniciou esta segunda-feira, dia 19 de dezembro, a Operação “Natal e Ano Novo 2022” que se irá estender até ao dia 2 de janeiro de 2023.

A GNR tem como objetivo “combater a criminalidade e intensificar o patrulhamento rodoviário nas vias de maior tráfego durante este período, de forma a garantir as festividades e as deslocações em segurança, em todo o território nacional”, refere a entidade em nota de imprensa.

Desta forma, a Operação Natal e Ano Novo levado a cabo pela GNR pretende, através de ações de patrulhamento, sensibilização e fiscalização, dois grandes objetivos, isto é, diminuir “a criminalidade geral, com ênfase na prevenção de ilícitos criminais, através de ações de sensibilização e patrulhamento (comércio seguro e residência segura) e o reforço do policiamento de proximidade junto das pessoas mais vulneráveis” e “a diminuição da sinistralidade rodoviária, através de ações de fiscalização orientadas para os locais de maior fluxo rodoviário, especialmente nos períodos do Natal e do Ano Novo”.

Para além disso, a GNR sensibiliza a população para medidas a tomar antes das festividades do Natal e do Ano Novo:

  • Quando se ausentarem das suas casas, por vários dias, informar a autoridade policial da sua zona de residência, para que se consiga orientar o patrulhamento para estes locais;
  • Se estiver instalado um sistema de alarme em casa ou no estabelecimento, verificar se está devidamente ligado antes de saírem;
  • Evite o crime de oportunidade: não deixe portas e janelas abertas;
  • Não deixar escritos ou sinais na porta, nas janelas ou na caixa de correio que indiquem a sua ausência;
  • Não deixar acumular correspondência na caixa de correio.

Num segundo momento, a GNR irá realizar “dois períodos de esforço”, no período de Natal, entre os dias 22 e 26 de dezembro, e no período de Ano Novo, isto é, entre 29 de dezembro e 2 de janeiro. Nestas épocas, a GNR vai estar “particularmente atenta aos comportamentos de risco dos condutores, nomeadamente o excesso de velocidade, as manobras perigosas, a correta sinalização e execução de manobras de ultrapassagem, de mudança de direção e de cedência de passagem, a utilização indevida do telemóvel, à circulação correta na via mais à direita em autoestradas e itinerários principais e complementares, bem como à incorreta ou à não utilização do cinto de segurança e/ou dos sistemas de retenção para crianças”, acrescenta o comunicado.

Assim, num segundo momento, os conselhos da Guarda Nacional Republicana são os seguintes:

  • Efetuem um planeamento cuidado das viagens, evitando os períodos do dia onde se prevê maior intensidade de tráfego;
  • Descansem convenientemente antes de efetuar a viagem e, pelo menos de 2 em 2 horas, ou sempre que sintam necessidade, façam paragens para descansar;
  • Adequem a velocidade às condições meteorológicas, ao estado da via e ao volume de tráfego rodoviário;
  • Evitem manobras que possam resultar em embaraço para o trânsito ou que, de alguma forma, possam originar acidentes;
  • Adotem uma condução atenta, cautelosa e defensiva, contribuindo para a redução dos índices de sinistralidade rodoviária. O objetivo é que esta quadra natalícia e a entrada no novo ano, sejam períodos caracterizados pela união das famílias, em segurança.