A GNR está a realizar, de 4 a 10 de maio, uma operação de fiscalização intensiva da condução sob efeito do álcool e substâncias psicotrópicas, no âmbito do planeamento anual efetuado pela RoadPol.

A Operação “RoadPol – Alcohol and Drugs” tem como objetivo “promover comportamentos mais seguros por parte dos condutores e diminuir a sinistralidade rodoviária grave, em todo o território nacional continental”, refere um comunicado da GNR.

A condução sob efeito do álcool e de substâncias psicotrópicas é “um fator de risco que tem sido objeto de uma atenção crescente nas políticas de segurança rodoviária ao nível europeu”.

No ano de 2021, 9.226 condutores foram detidos pela GNR por apresentarem uma taxa de álcool superior a 1,2 g/l e 103 por condução sob o efeito de substâncias psicotrópicas. Da mesma forma, em 2021, 20.589 condutores fiscalizados pela GNR apresentaram uma taxa de álcool superior ao permitido por lei.