Nesta ação foi detido um jovem de 23 anos por tráfico de estupefacientes e constituídos arguidos uma mulher e dois homens, com idades compreendidas entre os 30 e os 60 anos.

Na passada quarta-feira, dia 26 de janeiro, os militares da GNR do Destacamento Territorial de Amarante deteve um homem de 23 anos, por tráfico de estupefacientes, e constituiu arguidos uma mulher e dois homens, com idades compreendidas entre os 30 e os 60 anos, por exploração de jogo ilegal, nos concelhos de Marco de Canaveses e de Amarante.

De acordo com o Comando Territorial do Porto, e no âmbito de uma operação de combate ao tráfico de estupefacientes e à exploração de jogo ilegal, nos concelhos supra referidos, os militares fiscalizaram várias viaturas e diversos estabelecimentos de restauração e bebidas, tendo sido possível apreender diverso material, onde se destacam: sete máquinas de jogo ilegal; 46 doses de haxixe; 11 doses de heroína; cinco doses de canábis; duas viaturas por alteração das caraterísticas;96 euros em numerário.

Durante a ação policial foram ainda constituídos arguidos dois homens e uma mulher, com idades entre os 30 e os 60 anos, por exploração de jogo ilegal. Estes factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Amarante

O detido por tráfico de estupefacientes foi constituído arguido, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Marco de Canaveses.

A ação contou com o reforço do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Amarante e dos Postos Territoriais de Alpendorada, Amarante, Baião, Marco de Canaveses e Vila Meã.