Um homem de 44 anos foi detido por posse ilegal de armas no concelho de Vila Nova de Gaia no dia 9 de dezembro.

A investigação foi levada a cabo pelo Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Vila Nova de Gaia, que acabou por apreender armas de fogo e recuperou seis viaturas furtadas.

Foi realizada uma ação policial pelos militares da Guarda, na localidade de Pedroso, no concelho de Vila Nova de Gaia, no seguimento de uma investigação pela prática do crime de ameaças com recurso a arma de fogo. Os militares acabaram por encetar “diversas diligências policiais que culminaram na realização de duas buscas domiciliárias, que permitiram apreender duas armas de fogo e 25 munições. Durante a ação policial, foi possível apurar que o suspeito tinha, num terreno adjacente à habitação, seis viaturas que haviam sido furtadas entre os anos de 2013 e 2020, várias peças de automóveis já desmantelados e ainda uma bicicleta que havia sido furtada em 2019, numa residência no concelho de Ovar, a qual foi entregue ao seu legítimo proprietário”, segundo um comunicado de imprensa do Comando Territorial do Porto.

O detido de 44 anos, com antecedentes criminais por vários ilícitos criminais, foi constituído arguido e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Vila Nova de Gaia.