A Unidade de Ação Fiscal (UAF), através do Destacamento de Ação Fiscal (DAF) do Porto, no dia 2 de março, identificou quatro homens com idades compreendidas entre os 60 e os 85 anos, pelo crime de contrabando, nos distritos do Porto e Vila Real.
O comunicado indica que “a investigação que decorria há nove meses envolveu 25 mandados de busca e foram apreendidos 110 mil euros em tabaco, sendo que a comercialização ilegal teria causado um prejuízo ao Estado no valor de 85 mil euros”. Foram apreendidos 115 mil cigarros, 375 quilos de folha de tabaco e mais de sete mil euros em dinheiro.
Os suspeitos foram constituídos arguidos no Tribunal Judicial do Porto, sendo que um dos suspeitos foi detido pelo crime de posse ilegal de arma.
A operação contou ainda com o reforço do Grupo de Investigação Cinotécnica (GIC) da Unidade de Investigação (UI), através do empenho de cinco binómios através da detenção de notas, moedas e tabaco.