A  sétima edição da Gala do Desporto distinguiu e premiou todos aqueles que, ao longo da sua vida e, em particular da época desportiva 2020/2021, tiveram um papel preponderante no desenvolvimento do desporto no concelho de Lousada.

Para além da distinção e premiação de todas as personalidades que têm um papel preponderante no desenvolvimento do desporto no concelho de Lousada, a Gala do Desporto 2021, que este ano decorreu no dia 4 de fevereiro, em formato online, promove “a exaltação dos valores do desporto e motiva para a prática desportiva”, enaltece António Augusto Silva, vereador do município responsável pelo pelouro do desporto.

“Procuramos que seja uma festa, que seja um fator de motivação para a atividade desportiva, para a procura de bons resultados, mas que seja principalmente um momento de confraternização, de exaltação dos valores do desporto e, embora à distância, temos conseguido.”

Como em 2021, a sétima edição da Gala do Desporto realizou-se em formato online, “seria mais simples não fazer, mas o município entendeu que deveria fazer, mas de uma forma diferente daquilo que era a origem”

O evento é promovido e organizado pelo município em parceria com as associações desportivas do concelho, responsáveis pela escolha dos nomeados e vencedores. “O município organiza toda a logística, mas procuramos que sejam os clubes a fazer as nomeações e as votações. Não há ninguém que seja distinguido por indicação do vereador ou presidente do município”, esclarece o vereador.

Muitas personalidades dessas associações desportivas, nomeadamente os dirigentes, dão o seu contributo de forma voluntária “e sem eles seria impossível, para o município, promover a atividade física”

Gala do Desporto 2021

Transmitida no dia quatro de fevereiro, sexta-feira, através do Facebook da câmara, pelas 21 horas, a Gala do Desporto 2021 premiou atletas, dirigentes e outras personalidades de cinco categorias distintas, nomeadas por nove elementos de diferentes associações desportivas do concelho.

A gala contou com uma mensagem inicial de apoio à prática desportiva, do presidente da câmara, Pedro Machado, com um “incentivo para que todos continuem a seguir este caminho de trabalho e dedicação, uma vez que o desporto é um dos principais pilares do concelho”.

A concurso estiveram cinco categorias de prémios: Categoria A – prémios individuais, em que vão ser destacados o Atleta do Ano Masculino e Feminino, Atleta do Ano do Desporto Adaptado, Dirigente do Ano, Treinador do Ano, Atleta Revelação do Ano e Árbitro Juiz do Ano; Categoria B – prémios coletivos, distinguindo a Associação Desportiva do Ano e Equipa do Ano; Categoria C – Prémios homenagem/distinção, Mérito Desportivo, Prémio Dedicação, Modalidade do Ano, Personalidade Desportiva do Ano, Evento do Ano e Prémio Carreira; Categoria D- Campeões e Atletas integrantes em Seleções Nacionais na época desportiva 2019/20; Categoria –  Prémio “Best Online”. No que diz respeito ao Prémio “Best Online”, as votações do público foram efetuadas até dia 3, quinta-feira, até às 14h, no Facebook do Município, vencendo o prémio com mais gostos.

Na categoria Homenagem e Distinção foi entregue o Prémio Mérito Desportivo, a José Serôdio Santos, da Associação de Hóquei de Lousada, e o Prémio Dedicação foi para Paulo Santos, roupeiro da Associação Desportiva de Lousada. A Modalidade do Ano mais votada foi o Futsal e o Prémio Carreira foi entregue a Manuel Andrade Ferreira, do Clube Motard de Figueiras.

O Prémio Personalidade Desportiva do Ano coube a Joca Gonzaga, campeão Nacional de Kartcross, e o Prémio Evento Desportivo do Ano foi para o Torneio Regional de Verão – Natação Adaptada, da Lousada Séc. XXI.

O Prémio Best Online, resultado da votação do público, através das redes sociais, distinguiu António Santos, da União Cultural e Recreativa de Boim.

O Prémio Atleta Revelação do Ano foi atribuído a Nelson Moreira, do Núcleo de Barrosas Amador, e o Prémio Dirigente do Ano foi para Luís Moreira, da Associação “Os Pienses”, Arte Cultura e Recreio.

O vencedor do Prémio Treinador do Ano foi Miguel Moura, Rompe Trilhos Clube BTT, e Fábio Santos, Árbitro Internacional da Federação Portuguesa de Ténis, que venceu na categoria Prémio Árbitro/Juiz do Ano.

Cecília Araújo, do Associação Desportiva e Cultural de Figueiras – BTT, venceu o Prémio Atleta Feminino do Ano, e Gonçalo Ribeiro, da Lousaestradas Racing Team, foi o mais votado na categoria de Prémio Atleta Masculino do Ano. O Prémio Atleta do Ano do Desporto Adaptado foi entregue a José Sousa, atleta do Lousada Ténis Atlântico.

Os Prémios Coletivos foram entregues à Cooperativa Lousavidas, que ganhou o Prémio Associação Desportiva do Ano, e a Equipa Sénior Masculina Basquetebol de Cadeira de Rodas, também da Lousavidas, foi eleita a Equipa do Ano.

Foram ainda entregues os prémios a Atletas Integrantes em Seleções Nacionais e aos Campeões.