Quatro latas solidárias de recolha de fundos para reverter para os Bombeiros Voluntários de Penafiel conseguirem adquirir uma viatura foram furtadas.

As informações mais recentes dão conta de um furto no APP Café. De acordo com o proprietário do estabelecimento, Adriano Azevedo, e de acordo com as filmagens das câmaras de videovigilância, na segunda-feira, dia 20 de junho, uma senhora “entrou no estabelecimento para pedir ajuda”, que lhe foi recusada. “Já lhe tinha dado várias vezes comida, mas havia alturas em que ela abusava e eu tinha que lhe dizer que não e foi o caso. Disse-lhe que não porque já tinha dado há dois dias”, completou ao Jornal A VERDADE, explicando que já era “normal aparecer no estabelecimento”.

Passou-se terça-feira e só nesta quarta-feira, dia 23 de junho, quando os bombeiros de Penafiel foram “recolher a lata e para fazer fotos”, é que deu conta que tinha desaparecido. A lata costumava ficar “sempre atrás da registadora”, por isso, não era algo para o qual estivessem sempre a olhar, explicou.

Foto: APP Café

Verificou as câmaras de videovigilância e detetou “que ela tinha retirado a lata”. “A primeira coisa que fiz foi logo ir à GNR fazer participação dela. Disseram-me que ela já tinha feito isso várias vezes e que não tinham feito queixa porque não tinham provas, provas essas que eu tenho e vou entregar agora também à GNR para avançar com a queixa-crime sobre a senhora”, descreveu, referindo ainda que esta ideia de colocar as latas solidárias para ajudar os bombeiros até tinha sido sua e foi depois replicada por vários estabelecimentos do concelho.

Adriano Azevedo contou que não tem noção do valor exato que teria a lata, mas acredita que “rondasse os 100 euros” e que, por isso, transferiu esse valor para a corporação de forma “a minimizar o sucedido”.

Entretanto, numa publicação nas redes sociais, os bombeiros de Penafiel afirmam que já recolheram as latas que se encontravam em vários pontos do concelho e que tiveram “a informação que quatro latas foram furtadas (uma apareceu aberta nos WC públicos)”. Além do APP Café, referem a Adega 33, a Casa dos Croissants e a Verland.

“Lamentavelmente existem atitudes e valores que em nada dignificam o comportamento humano, a nossa manifestação é de total repúdio por este tipo de situações”, escrevem, informando que “não se encontram a realizar nenhum peditório porta a porta, nem têm nenhuma lata distribuída”. “Caso encontrem alguém a realizar peditórios, informem de imediato as autoridades e os bombeiros”, sublinham.

Foto: Bombeiros Voluntários de Penafiel

No entanto, têm sido vários os contributos que a corporação tem recebido com vista a ajudar na obtenção de um veículo tanque de forma a substituir aquele que tinha sofrido um despiste, a 7 de maio, ficando com “danos consideráveis, não justificando a sua recuperação”.

A 17 de junho, os bombeiros anunciaram que “é com enorme satisfação que a Direção e Comando do Corpo de Bombeiros de Penafiel, comunica a toda a população e aos órgãos de comunicação social, a aquisição de um veículo tanque”.

“Para aquisição do referido veículo foi de extrema importância a colaboração do município de Penafiel e da Caixa de Crédito Agrícola que contribuíram com um valor significativo, que nos permitiu concluir a negociação. Não conseguiríamos este feito importante sem a mobilização da comunidade com os seus donativos, com os eventos realizados e os donativos de todas as empresas, fruto da sua imensa responsabilidade social”, pode ler-se.

A apresentação da viatura está prevista acontecer nas próximas semanas, estando agora a ser alvo das “transformações e legalizações necessárias a este tipo de veículo”.

Foto: Bombeiros Voluntários de Penafiel