A noite desta sexta-feira, dia 8 de julho, será de estreia para os “Traço”. Em 2019, João Guimarães (baterista), Tiago Santos (vocalista) e Jorge Corujas (guitarrista) deram início à fusão de vários estilos musicais e agora, os vencedores do concurso Bandas Garagem SBT20+2, preparam-se para pisar, pela primeira vez, o palco principal Soprema Portugal, pelas 22h00. 

A estreia surgiu através do concurso de bandas, que lhes deu a oportunidade de gravar um single e pisar o palco das Sebastianas, em Freamunde. “Nós concorremos, fomos selecionados nas diversas eliminatórias ao vivo e acabamos por ganhar a última no dia 5 de março entre mais de 15 bandas. Hoje é um orgulho para nós ter a belíssima oportunidade de tocar no palco principal”, conta João Guimarães ao Jornal A VERDADE.

Em 2018, eram dados os primeiros passos, mas a banda nasceu, oficialmente, em 2019. “Na altura gravámos cerca de quatro maquetes para enviar para concursos de bandas, mas só fomos a tempo de um, que dava oportunidade para tocar no festival Marés Vivas. Ganhámos esse concurso, fomos lá tocar e começámos a gravar um single para lançar, mas a COVID19 veio estragar”, recorda.

Esse foi o primeiro grande palco, “mas pelo que estivemos a ver, as Sebastianas devem ser maiores e vão ter outro peso, até porque a banda está mais madura e é outra responsabilidade”.

‘Traço’ apresenta-se como uma banda de rock alternativo, resultado de várias influências. “Vimos todos de cenários diferentes. O funk, soul e blues e o rock progressivo são as nossas inspirações. A fusão disso tudo, na prática, resulta no trabalho que fazemos”, frisa Tiago Santos.

A chegada da pandemia obrigou a uma “grande pausa” da banda, que aproveitou o confinamento “para começar a gravar trabalhos em casa. Fizemos alguns investimentos em materiais, lançamos cerca de sete músicas, e deu para manter a atividade. Quando tivemos oportunidade decidimos participar em mais dois concursos e decidimos que eram os últimos: um da RTP, que também ganhamos, e neste das Sebastianas”, revela Jorge Corujas. 

O ano de 2022 representa “o ponto de partida para entrarmos numa fase mais profissional. Queremos iniciar uma fase de renovação da banda, seja a nível visual como sonoro, mantendo sempre a essência”.

Uma nova fase que, como nos revela João Guimarães, “está a ser acompanhada por um produtor com muita experiência no ramo. Vamos gravar videoclipes com essa parceria e, nos próximos meses, vamos ter três singles a sair em força com um estilo diferente, mas bastante mais próximo daquilo que era a ideia inicial da banda”.

Para a estreia no palco das Sebastianas, os ‘Traço’ estão “preparadíssimos para mostrar o trabalho ao público que não nos conhece. Esta pode ser uma montra para novas oportunidades e, por isso, estamos a ter todo o cuidado do mundo. Há pouco tempo ficamos sem um elemento do grupo, portanto, vamos tocar num formato diferente. É a primeira vez que vamos dar um concerto deste tamanho em trio, em que a parte visual vai estar muito presente. Neste concerto vamos apresentar três novos temas”.

A banda atua a partir das 22h00 no palco principal e banda deixa o convite “a todos os que gostam de concertos energéticos, porque sem dúvida que conseguimos ficar dentro das expectativas. Estamos confiantes e temos músicas novas que valem a pena”.

As Sebastianas 20+2 começaram na quinta-feira, dia 7 de julho e terminam na terça-feira, 12 Julho.