A Biblioteca Municipal Professor Vieira Dinis, em Paços de Ferreira, é o próximo local escolhido para acolher o projeto “Filarmonia (Re)visitada”.

O evento, que já passou por outros concelhos da região, vai decorrer pelas 21h30 e tem entrada gratuita, condicionada à lotação dos espaços.

Os maestros Francisco Ferreira e Osvaldo Ferreira pretendem “(re)visitar o contexto musical filarmónico português”, num projeto de cocriação com músicos do território, selecionados a partir das associações e bandas filarmónicas dos 14 municípios copromotores do Festival Inventa.

“O contexto dramatúrgico concorre com os objetivos de exploração da história do território intervencionado, potenciando abordagens contemporâneas e inusitadas ao repertório habitualmente interpretado pelas bandas filarmónicas. Um projeto de capacitação e potenciador de legado através da mediação cultural”, indica um comunicado da Rota do Românico.

O Festival Inventa integra a operação Cultura em Rede — Tâmega e Sousa, cofinanciada pelo Norte 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER). Além da Rota do Românico, este projeto de parceria integra também a Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, a Associação de Municípios do Baixo Tâmega e os municípios de Cabeceiras de Basto e Mondim de Basto.

O Inventa vai dinamizar, até maio, uma programação cultural em rede, numa área geográfica correspondente a 14 municípios: Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Cabeceiras de Basto, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Mondim de Basto, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel e Resende.

Foto: Rota do Românico