O Festival Inventa, promovido pela Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, vai trazer à região, neste fim de semana, espetáculos de circo contemporâneo.

Os eventos vão passar por Mondim de Basto, Felgueiras, Castelo de Paiva, Baião, Cabeceiras de Basto e Lousada e têm entrada gratuita.

A companhia Hotel Iocandi, de Espanha, apresentará “Peix” este sábado, dia 26 de março, em Mondim de Basto, na Capela da Senhora da Piedade, às 16h00, e a 27 estará em Felgueiras, às 17h00, na Igreja de São Vicente de Sousa. Circ Panic, outra estrutura da ‘armada espanhola circense’, vai mostrar ao público “MiraT”, no dia 26 de março, em Castelo de Paiva, no Largo do Conde, às 21h00, e no dia seguinte, 27, mas às 16h00, em Baião, no Mosteiro de Santo André de Ancede.

Rui Paixão vai apresentar o trabalho “Irredutível” no dia 26 de março, às 16h00, em Cabeceiras de Basto, na Ponte de Cavez, e a 27 estará em Lousada, na Torre de Vilar, às 15h00.

Foto: Cathy Debrun

O artista desenvolve um trabalho de investigação e exploração de novas possibilidades para a linguagem do palhaço contemporâneo e do teatro físico, com o foco na criação artística para o espaço público. É formado em teatro pela Academia Contemporânea do Espetáculo (2011-2014) e iniciou o seu percurso profissional como artista independente em 2015, depois de ter colaborado como intérprete na companhia de artes de rua e circo contemporâneo Radar 360.

O seu percurso cruza diversas coproduções internacionais e digressão em países como Portugal, Espanha, França, Alemanha, Países Baixos, Escócia, Suécia, Polónia e Brasil. Em 2019, juntou-se ao Cirque du Soleil numa nova criação em Hangzhou, na China, tornando-se o primeiro português a integrar a companhia como criador original.

Foto: DR

O Festival Inventa disponibiliza ainda o Ciclo de Performance Visual Musicada, em abril, e o Projeto Comunitário Intermunicipal: A Festa, em maio, informa um comunicado.

O Inventa é um projeto promovido no âmbito da operação Cultura em Rede – Tâmega e Sousa, sendo cofinanciado pelo Norte 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.