O Festival do Anho Assado e do Arroz de Forno está de volta à vila de Baião, na Feira do Tijelinho, este fim de semana, dias 29, 30 e 31 de julho.

O prato típico de Anho assado e Arroz de forno será acompanhado pelos vinhos verdes de Baião e, ainda, de broa de milho cozida no local, biscoito da Teixeira e outra doçaria tradicional. 

No certame “encontrará um prato genuíno da região em que os sabores advêm de um legado que tem passado de geração em geração, fazendo do nosso concelho um dos locais mais procurados para desfrutar desta iguaria”, frisa a Câmara Municipal de Baião em comunicado.

Animação constante durante o evento 

O evento tem abertura oficial às 18h30 com o grupo de bombos ATCM Baião, às 20h00 atua a Associação Concertinas e Bombos S. Tiago de Queimada e às 22h00 segue-se a atuação da Banda da Casa do Povo de Santa Marinha do Zêzere.

No sábado, dia 30, a abertura da feira tem início às 10h00, às 12h00 atuam os Arribamonte e às 15h30 as Concertinas Foles e Cantares. À noite decorre a atuação da AC de Concertinas do Lameirão às 20h00 e às 22h30 o público conta com Leo & Leandro.

No último dia do festival, a abertura da feira volta a ter início às 10h00, seguido da atuação do grupo de Concertinas “Joaquim Nogueira” às 12h00. Na parte da tarde decorre o Festival de Folclore com o Rancho Folclórico de Baião, Rancho Folclórico as Ceifeiras de Valadares e Rancho Folclórico as Cesteiras de Frende às 15h00 e às 17h30 atuam Pedro Mota e Andreia Vieira. O evento tem encerramento previsto para as 19h00. 

Menus variados

Nesta edição será possível ajustar o preço da refeição às preferências dos consumidores. “Existe a possibilidade de degustar um menu completo, que inclui entradas, a refeição e sobremesas (25 euros) ou de optar apenas pela refeição (15 euros) e pagar os complementos pretendidos à parte, tal como as bebidas”, informa o município.

No espaço estarão dois restaurantes que irão confecionar a receita tradicional do Anho Assado, usando para isso os tradicionais fornos a lenha. “Para quem não for apreciador deste prato há sempre alternativas: vitela ou bacalhau“.

O artesanato do concelho também estará presente no certame, representado pelas bengalas de Gestaçô e pelas cestas de Frende.

Para o Vereador dos Assuntos Económicos da Câmara Municipal de Baião, José Lima, este festival “é mais uma grande iniciativa de promoção da gastronomia local, divulgação das potencialidades turísticas do concelho e um evento importante para o reforço da identidade do concelho”, afirmou. 

O presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira, entende que “a gastronomia é uma das marcas pelas quais Baião é conhecido e é com muito gosto que mais uma vez vamos acolher milhares de pessoas no nosso território, para que possam degustar os nossos sabores, maravilhar-se com as paisagens e serem bem recebidos pela hospitalidade dos baionenses”.

Programa:

Dia 29 – Sexta-Feira

18h30 – Abertura Oficial da Feira com grupo de Bombos ATCM Baião

20h00 – Associação Concertinas e Bombos S. Tiago de Queimada

22h00 – Atuação Banda da Casa do Povo de Santa Marinha do Zêzere

24h00 – Encerramento

Dia 30 – Sábado

10h00 – Abertura da Feira

12h00 – Atuação dos Arribamonte

15h30 – Concertinas Foles e Cantares

20h00 – Atuação da AC de Concertinas do Lameirão

22h30 – Atuação Leo & Leandro

24h00 – Encerramento

Dia 31 – Domingo

10h00 – Abertura da Feira

12h00 – Grupo de Concertinas “Joaquim Nogueira”

15h00 – Festival de Folclore:

– Rancho Folclórico de Baião

– Rancho Folclórico as Ceifeiras de Valadares

– Rancho Folclórico as Cesteiras de Frende

17h30 – Atuação Pedro Mota & Andreia Vieira

19h00 – Encerramento

Texto redigido com o apoio de Daniela Lenchyna.