O município de Felgueiras vai comemorar o Dia da Escrita à Mão, no dia 21 de janeiro, através de uma cerimónia que pretende homenagear os professores primários.

A Biblioteca e Arquivo Municipal de Felgueiras vai acolher, a partir das 15h00, um evento que pretende “destacar a importância da escrita à mão” e honrar os “principais agentes no ensino da escrita manual”.

A sessão vai iniciar, às 15h00, com uma palestra sobre “Saber ler e escrever na Idade Média: o caso das mulheres”, que será levado a cabo pela professora Maria José Azevedo Santos, da Universidade de Coimbra.

Será, ainda, abordado o tema “As falsificações de documentos e a perícia de escrita manual”, que será orientado pelo Francisco Queiróz, consultor, formador e autor nas áreas da Psicologia da Expressão Gráfica, e da Peritagem de Escrita Manual.

O evento será encerrado com uma homenagem a Deolinda Simões, professora do primeiro ciclo do ensino básico, em Felgueiras, durante mais de 40 anos.