Especiais

Dia da Mãe: Fátima e Sandra dividem o tempo entre a confeção, a loja online e os filhos

Ana Magalhães

01-05-2021

Veja o testemunho de duas mães empresárias.

“É necessário encontrar o equilíbrio entre a vida profissional e a vida de ser mãe”. É esta a ideia defendida pelas irmãs Fátima e Sandra Magalhães, de 45 e 37 anos respetivamente, empresárias e proprietárias de uma confeção, com sede em Sobretâmega, no concelho de Marco de Canaveses, denominada Pétalas.

Esta “aventura” teve início no ano de 2013, quando a confeção onde ambas trabalhavam foi à falência. “Foi uma oportunidade que nós agarramos, em conjunto com outra sócia. Na altura não foi fácil, começamos do zero, mas deitamos mãos à obra. O primeiro ano não foi fácil, mas nunca desistimos! Nos meses mais complicados, colocamos sempre as nossas funcionárias à frente. Podia não chegar para nós, mas para elas havia sempre”, recordam.

Com o passar do tempo, as irmãs foram angariando clientes e a sua empresa foi crescendo. “Entretanto, no ano passado, surgiu a oportunidade de virmos para o nosso concelho e nem pensamos duas vezes! Somos de Banho e Carvalhosa e gostamos muito da nossa terra”, destacaram.

E como é conciliar a vida profissional com a vida pessoal? As irmãs garantem que é “necessário encontrar o equilíbrio” e nunca prejudicar nenhuma das partes. “Os meus filhos têm 23 e 25 anos, já são adultos. Mas quando começamos ainda eram adolescentes, sempre foram muito responsáveis, o que também ajudou”, recordou Fátima Magalhães, e acrescenta: “os meus filhos, para mim, são tudo! Não podiam ser melhores, são responsáveis e trabalhadores, tenho muito orgulho neles”, confidenciou.

A filha de Sandra Magalhães é mais nova, tem 13 anos e, quando começou esta aventura, tinha apenas cinco. “Era pequenina, mas entendia. Sempre foi uma criança alegre e acho que o importante é a qualidade dos momentos que passamos juntas. É a menina mais feliz e sorridente que conheço e espero que tudo o que ela vê em mim, um dia passe para ela. Que seja independente e batalhadora”, sublinhou.

E é exatamente com estas duas ideias interiorizadas que as irmãs Fátima e Sandra voltaram a “arregaçar mangas” e realizar mais um dos seus sonhos. “Sempre gostamos muito de moda, então decidimos criar uma loja online. Foi no final do ano passado. Agora fazemos diretos todas as semanas e a interação com o público é muito boa”, referiram. Contudo, é “mais um trabalho” e o tempo é cada vez menos. “Trabalhamos todos os dias, porque temos a fábrica de confeção e depois ainda temos de tratar de tudo da Bella Lux Moda. Mas vale a pena, estamos a fazer o que gostamos”, destacaram.

Os dias da semana são passados na fábrica de confeção Pétalas e, depois do horário de expediente, as irmãs vão para casa e dedicam-se às encomendas da sua loja online. “É difícil mas vale a pena. Depois, ainda temos os nossos filhos, que é o nosso terceiro trabalho e, sem dúvida, o mais importante”, disseram.

Em jeito de conclusão, Fátima e Sandra deixam um conselho a todas as mães que, tal como elas, também são ou têm o sonho de ser empresárias. “Nunca deixem os sonhos para trás! Ser mãe é o maior papel que temos nesta vida, mas nunca desistam de investir em vocês. O início não é fácil e a sorte constrói-se. É preciso batalhar, ouvimos muitos ‘nãos’ mas demos sempre a volta por cima e é esse o conselho que deixamos”, concluíram.