Ensino & Escolas

Felgueiras: ESTG analisa Maturidade Digital da Indústria da região

José Rocha

03-02-2021

Saiba mais pormenores sobre a "ferramenta inovadora e pioneira na região do Tâmega e Sousa" criada pela Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Politécnico do Porto.

Já se encontra disponível uma ferramenta lançada pela Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Politécnico do Porto que pretende avaliar o nível de Maturidade Digital da Indústria da região do Tâmega e Sousa. Chama-se Digital Industry Survey (Índice de Maturidade Digital da Indústria), decorre em parceria com a Finance XXI Consulting e pode ser acedida online. Em particular, o projeto visa avaliar e monitorizar a maturidade digital das empresas industriais do território, com vista ao aumento da competitividade nos próximos anos.

Segundo revela a ESTG em comunicado, esta "ferramenta inovadora e pioneira na região do Tâmega e Sousa permitirá às empresas conhecerem instantaneamente o seu nível de maturidade digital, no que diz respeito às dimensões do seu produto, processo e estratégia".

"São oferecidas duas possibilidades de análise: o autodiagnóstico da sua maturidade digital e, numa fase posterior, uma comparação da sua maturidade em termos setoriais e/ou regionais. Da primeira fase resultará uma radiografia da região relativamente à capacidade do tecido empresarial para a resposta aos desafios colocados pela Indústria 4.0. Apresenta-se ainda como uma excelente ferramenta de apoio à decisão na definição das prioridades e das estratégias empresariais e regionais", é referido.

Carla Pereira, vice-presidente da ESTG e responsável por este trabalho, mostra-se convicta de que a concretização deste projeto permitirá à ESTG desenvolver um conjunto de ações na área de I&D que "impulsionem a transição digital de uma região onde o `saber-fazer’ de excelência da indústria é já reconhecido por todos".