Negócios

EDP reforça ambição de ser 100% verde em 2030 com novo posicionamento de marca

José Rocha

06-06-2021

"Na EDP, encaramos esta nova década com sentido de missão e de urgência", afirma Miguel Stilwell d’Andrade, presidente executivo da empresa.

Foto: EDP

A EDP anunciou recentemente um novo posicionamento que dá corpo à missão de liderar a transição energética. Depois de ter apresentado em fevereiro um plano estratégico que visava alcançar em duas décadas a meta de ser "100% verde", a empresa inicia uma nova narrativa de marca sob a assinatura “Changing Tomorrow Now” – “A mudar, já hoje, o amanhã”, que conta com a colaboração de figuras como Alexandre Farto – Vhils.

De acordo com a EDP, esta narrativa "vai ser utilizada nos países em que está presente e que pretende reforçar o compromisso com a descarbonização do planeta", objetivo que "será cumprido através de um investimento acelerado em energias renováveis, redes inteligentes e soluções sustentáveis para os clientes e de um apoio contínuo à sociedade".

"Na EDP, encaramos esta nova década com sentido de missão e de urgência. A necessidade de mudarmos hoje a nossa pegada será determinante para garantir um amanhã mais sustentável, inclusivo e justo. Depois de termos assumido um compromisso sem precedentes com o setor energético e de aprofundarmos a ligação às comunidades em que estamos presentes, é altura de reforçar esta ambição e sentido de dever perante toda a sociedade", afirma Miguel Stilwell d’Andrade, presidente executivo da EDP.