Negócios

DECO e Mercadona assinam protocolo de colaboração

José Rocha

15-04-2021

O acordo pressupõe a realização de eventos nos quais serão abordados temas e questões relacionadas com os interesses dos consumidores.

Foto: Mercadona

A Mercadona e a Associação para a Defesa do Consumidor (DECO) assinaram recentemente um protocolo de colaboração a fim de reforçar o trabalho desenvolvido em conjunto por ambas as organizações e a materialização de ações formativas e informativas em benefício do consumidor.

Este acordo materializar-se-á na realização de jornadas, seminários, encontros e outros eventos nos quais se debatam e exponham temas e questões relacionadas com os interesses dos consumidores. "Com esta parceria, a Mercadona e a DECO dispõem de um canal aberto, de diálogo permanente e transparente, que permite uma melhor e mais eficiente articulação na gestão de processos que envolvam os consumidores", explicam as entidades em comunicado.

Aquando da assinatura do acordo, Ana Tapadinhas, diretora-geral da DECO, referiu que "a melhor forma de defender os direitos e legítimos interesses dos consumidores é, na verdade, através da prevenção dos conflitos. Ao longo dos anos, a DECO tem construído um diálogo bastante profícuo e contínuo com as empresas no sentido de melhorar a informação e a qualidade dos seus serviços e bens. O estabelecimento desta parceria com a Mercadona constitui mais um braço da associação na proteção dos consumidores e na garantia de um mercado mais dinâmico, inovador e garante dos consumidores", considera.

Já Ana Carreto, diretora de Associações de Consumidores da Mercadona, afirmou que "esta parceria reforça o compromisso da Mercadona com os seus 'chefes' (clientes) de manter uma relação de estreita confiança, transparência e melhoria constante junto com os mesmos. Para isso, fomenta uma atitude de diálogo permanente no qual está envolvida toda a empresa. Com a celebração deste protocolo de colaboração com a DECO, a mais antiga e representativa Associação de Defesa do Consumidor em Portugal, damos também continuidade ao trabalho que desenvolvemos de formar e informar o consumidor", concluiu.