Esta quinta e sexta-feira, dias 16 e 17 de março, o Douro, Tâmega e Sousa é a região convidada da missão ao Luxemburgo da Rede Global da Diáspora, a maior rede colaborativa da diáspora portuguesa.

A missão ao Luxemburgo é uma das iniciativas da Fundação AEP para “a promoção internacional desta Rede, enquadrando-se num conjunto de missões dirigido à diáspora portuguesa, com o objetivo de aprofundar laços de cooperação com a comunidade emigrante, incluindo a classe empresarial, em particular para divulgação do PNAID – Programa Nacional de Apoio ao Investimento da Diáspora, pode ler-se em nota de imprensa enviado pela Comunidade Intermunicipal Tâmega e Sousa. 

Publicidade

No evento irá marcar presença o presidente do Conselho Intermunicipal da CIM do Tâmega e Sousa, Pedro Machado, e do primeiro-secretário do Secretariado Executivo da CIM do Tâmega e Sousa, Telmo Pinto.

A partir das 18h30 do dia 16 de março tem início o Encontro de Negócios da Rede Global da Diáspora, a maior rede social colaborativa da Diáspora Portuguesa. Assim, as boas vindas serão dadas pelo embaixador de Portugal no Luxemburgo, Pedro Sousa e Abreu, em conjunto com o presidente da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Luxemburguesa – Francis da Silva e o presidente do Escala Business Club, José Campinho. De seguida, será debatida a Rede Global da Diáspora – Ferramentas de apoio ao negócio, serão partilhados testemunhos e serão ainda debatidas questões da região Douro, Tâmega e Sousa através da intervenção do presidente do Conselho Intermunicipal do Tâmega e Sousa, Pedro Machado. 

O programa inclui ainda visitas a d’Esch-sur-Alzette, a segunda maior cidade do Luxemburgo, com vista “a avaliar as condições para a realização de uma mostra de produtos para a diáspora portuguesa”, e a Differdange, a terceira maior cidade do país, de matriz industrial, com o objetivo “de estabelecer contactos com as entidades locais e visitar as futuras instalações da Astrolábio – House of Portugal”.

Durante esta iniciativa pretende-se dar “a conhecer o Douro, Tâmega e Sousa como território com excelentes condições para atração de investimento, nomeadamente de empresários da diáspora, bem como reforçar o reconhecimento das empresas da região nos mercados externos enquanto produtoras de bens e serviços de elevada qualidade e diferenciação”. 

Esta missão ao Luxemburgo é organizada pela Fundação AEP, entidade com a qual a Comunidade Intermunicipal (CIM) do Tâmega e Sousa subscreveu, em 2020, um protocolo de cooperação para a promoção conjunta da Rede Global da Diáspora.  Para além disso, o evento é realizado em articulação com a Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas, com a Embaixada de Portugal no Luxemburgo e com a delegação da AICEP – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal para os mercados Benelux.

Recorde-se que, em 2018, a CIM do Tâmega e Sousa organizou, em parceria com a Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas, através do Gabinete de Apoio ao Investidor da Diáspora, o III Encontro de Investidores da Diáspora, que reuniu mais de 700 participantes, oriundos de 35 países dos cinco continentes.

Publicidade