Desporto

FC Paços de Ferreira e Marítimo empatam e aproximam-se das respetivas metas

José Rocha

10-05-2021

Os 'castores' estão mais perto de assegurar o quinto lugar e os insulares a manutenção.

Foto: FC Paços de Ferreira

Este domingo, dia 9 de maio, FC Paços de Ferreira e CS Marítimo empataram a uma bola na Capital do Móvel, naquela que foi a antepenúltima jornada da Primeira Liga.

Num encontro onde não faltou chuva e vento, o domínio foi sempre da formação caseira, que queria ganhar a todo o custo de forma a selar maticamente o quinto lugar, assegurada que está a qualificação europeia.

Esse ímpeto inicial não tardou a traduzir-se em golos: aos 12 minutos, na marcação de um canto ofensivo, Luiz Carlos aproveitou um desvio de Hélder Ferreira ao primeiro poste para cabecear para o fundo das redes.

Foto: FC Paços de Ferreira

Porém, o facto de ter passado a maior parte do primeiro assalto (leia-se primeira parte) encostado às cordas não impediu o Marítimo de reagir com sucesso num golpe de contra-ataque. Naquela que foi a única jogada de perigo dos insulares antes do intervalo, o lateral Cláudio Winck cruzou para Joel Tagueu, que, num belo cabeceamento, assinou o 10.º remate certeiro na presente edição do campeonato.

Na segunda parte, os comandados de Pepa voltaram a superiorizar-se, sobretudo desde as entradas de Uilton e do jovem Matchoi Djaló. Porém, os visitantes fecharam-se em copas e asseguraram um ponto, que os deixa mais próximos de garantir a manutenção.

Com 50 pontos somados, o FC Paços de Ferreira recebe na próxima sexta-feira o Gil Vicente, que é 11.º. O último desafio do campeonato joga-se a 19 de maio, no reduto do Tondela (10.º).