Os CTT – Correios de Portugal lança esta quinta-feira, dia 15 de outubro, em parceria com o Banco de Portugal, uma emissão filatélica dedicada os 20 anos da utilização do euro pelos cidadãos.

Lançado a 1 de janeiro de 1999, o euro entrou em circulação dois anos depois, substituindo as notas e moedas nacionais de 12 Estados-Membros.

Conforme se lê na pagela da emissão, “o euro é um dos elementos fundamentais na convergência económica entre Estados-Membros. O euro é a identidade mais tangível da participação dos cidadãos europeus na construção da União. O euro é, por si só, um elemento de união. É a moeda de 19 Estados-Membros; 20, a partir de 1 de janeiro de 2023, quando a Croácia se juntar a nós. É a moeda de mais de 340 milhões de habitantes e um símbolo da solidariedade europeia. O euro é um elemento de estabilidade.

A política monetária, ao assegurar a estabilidade de preços e ao reconhecer a importância da estabilidade financeira, cria as condições para um crescimento económico equilibrado e inclusivo.”

Esta emissão filatélica é composta por dois selos, com valores faciais de 0,57€ e 0,95€, com uma tiragem de 75 000 exemplares cada, e ainda por um bloco filatélico, que pode ser adquirido por 4€.

As obliterações de primeiro dia podem ser feitas nas Lojas CTT dos Restauradores, em Lisboa, Palácio dos Correios, no Porto, Zarco, no Funchal, Antero de Quental, em Ponta Delgada e Faro, no Algarve.

O design dos selos esteve a cargo de Hélder Soares, da Unidesign.