Conta Coisas

Jovem de Marco de Canaveses vence Festival Internacional "Abanico"

José Rocha

01-06-2021

Mariana Pinheiro é aluna do Projecto Pauta Musical e reconhece que "chegar ao coração das pessoas é super bom!"

É natural de Marco de Canaveses a vencedora da X Edição do Festival Internacional "Abanico", da Bulgária. A jovem em questão trata-se de Mariana Pinheiro, que triunfou na categoria de língua portuguesa no concurso disputado em formato digital devido às condicionantes impostas pela COVID-19.

A jovem fadista tem 16 anos, é natural de Soalhães e é aluna do Projecto Pauta Musical e do professor Joaquim Caetano. O docente foi presidente do júri de um comité no certame organizado ela agência musical "Artvoices", embora não tenha avaliado as prestações dos artistas portugueses.

Ao Jornal A VERDADE, Mariana Pinheiro, que estuda na Escola Secundária de Marco de Canaveses, confessou-se “muito contente” por ter conquistado um troféu que já tinha levantado em anos anteriores.

Apesar de reconhecer que a presente edição foi “um bocado diferente por ser online”, a jovem garante que "sentir que, mesmo assim, se consegue chegar ao coração das pessoas é super bom!”

Para esta conquista, Mariana não deixa de salientar a importância do papel desempenhado pelo professor Joaquim Caetano. “Ele fica sempre extremamente feliz pelas conquistas dos alunos, porque sente que o trabalho dele é recompensado.”

Embora a música seja para si uma paixão, Mariana admite que gostava de enveredar por uma carreira de canto “só em part-time” pela seguinte razão: “É uma coisa que gosto mesmo de fazer, mas que quero que continue a ser por entretenimento, fazê-lo por gosto. Para singrar no mundo da música, é preciso muito trabalho - a sorte dá muito trabalho!”

Quanto o “plano A” e termos profissionais, a jovem reconhece que ainda está “muito à toa” relativamente à área a seguir. Já em termos de carreira musical, como ainda “é tudo muito recente”, o plano passa por “arrecadar o maior número de prémios possível”. Para o futuro, “logo se verá!”