Conta Coisas

Trail Team Bifase de Paredes é 'papa-títulos' a nível nacional

José Rocha

27-05-2021

“Há cerca de nove ou dez anos, eu e um grupo de amigos experimentamos o trail e gostámos", conta o diretor desportivo do clube, José Luís Sá, que viu a equipa tornar-se profissional e construir um palmarés de respeito.

Foto: Município de Paredes

Seja qual for a modalidade, o processo de criação de uma equipa desportiva de raiz tem muito que se lhe diga. Regra geral, há um período em que se sofrem algumas ‘dores de crescimento’, fruto dos resultados alcançados não serem os melhores face à falta de experiência e/ou de qualidade. É preciso consolidar processos gradualmente, fazer melhorias nas condições e na qualidade dos atletas, muito treino e, gradualmente, vão sendo alcançados resultados melhores.

Contudo, a Trail Team Bifase parece ter saltado esta fase, já que, desde que se tornou profissional, começou praticamente desde logo a alcançar títulos. Profissionalizada em 2017, começou, logo no ano seguinte, um périplo de conquistas, onde se contam diversas, taças, campeonatos nacionais de Trail e ainda de Ultra Trail Endurance. Veja-se que ainda nem 2021 vai a meio e a equipa sediada no concelho de Paredes já conquistou este ano o Campeonato Nacional de Trail e Ultra Trail Endurance.

Dado este desempenho, é sem surpresa que José Luís Sá, o diretor desportivo e principal responsável da Trail Team Bifase, faz um balanço “muito positivo”, o que tem permitido manter à equipa ‘à tona em termos financeiros: “Por isso é que a equipa se vai mantendo também, porque há um grande investimento por parte dos patrocinadores.”

Agora com 39 anos, o paredense revela que o núcleo duro que viria a dar origem à Trail Team Bifase surgiu “há nove ou dez anos”, então com a designação de Parjovem, associação da qual é presidente. “Em 2017, o atual patrocinador quis que uma das formas de nos apoiar fosse dar o nome da empresa à equipa. Nós aceitamos, porque queríamos reformular aquilo de forma mais profissional”, explicou.

Foto: Miro Cerqueira

Para que não corra o risco de perder esse apoio e, consequentemente, o estatuto de profissional, a Trail Team Bifase conta com um lote restrito de atletas. “Devido aos valores que já estão em cima da mesa, não podemos ter muitos atletas, senão não vamos conseguir manter uma equipa competitiva. Os que temos são essenciais para sermos competitivos e, se tivermos muitos, não conseguimos tratar todos por igual e as pessoas ficam chateadas”.

Temos de atingir os nossos objetivos com atletas competitivos, dentro do nosso pequeno orçamento.

Foto: Thiago Lemos 66_

No entanto, se agora a Trail Team Bifase é composta por atletas profissionais, no início, como a grande maioria das equipas recém-criadas, o núcleo era formado por um grupo de amigos. “Há cerca de nove ou dez anos, eu e um grupo de amigos experimentamos o trail e gostámos. Então, juntei um grupo de amigos que gostava de correr na montanha e surgiu a equipa. Era um grupo bastante grande, até porque organizava o Trail da Raposa. Portanto, já tínhamos alguma paixão e já participamos em equipa”, recordou com nostalgia, para terminar.

Foto: MATIAS NOVO