O Portal da Queixa identificou um aumento no número de reclamações que envolvem burlas online. Os consumidores lesados falam em esquemas fraudulentos feitos através da Vinted, uma plataforma online de compra, venda e troca de artigos.

Desde o início do ano, “43% das queixas reportadas à Vinted estão relacionadas com burlas ou fraudes por MB Way”, sendo que os prejuízos envolvem “quantias significativas”, indica um comunicado.

Segundo o relatório do Observatório de Cibersegurança de 2021, as burlas com o MB Way lideram as denúncias de criminalidade informática feitas à Procuradoria-Geral da República, à frente de crimes como o “phishing”.

A elevada ocorrência de casos tem levado o Portal da Queixa a defender “uma maior literacia digital e a promover o acesso a essa informação junto dos consumidores”. Também as autoridades, como a PSP, e a SIBS, entidade gestora do Multibanco e do MB Way, lançam alertas e fazem recomendações de segurança.

Como evitar burlas com MB Way?

  • Recusar pagamentos por MB Way, sempre que desconheça o modo de funcionamento da aplicação;
  • Em caso de dúvida, antes de utilizar a aplicação, solicitar informação ao banco sobre o seu funcionamento;
  • Nunca seguir instruções de desconhecidos para fazer ou receber pagamentos através do MB Way;
  • Se for contactado para aderir à app MB Way, seja através do Multibanco ou do homebanking, com recurso a um número de telefone que não é o seu, interrompa esse contacto, e informe de imediato o seu banco e as autoridades;
  • Para aderir ao MB Way, nunca use o número de telefone de outra pessoa. Qualquer número que introduza na adesão ficará associado ao seu cartão e à sua conta bancária, o que permitirá movimentá-la;
  • Se é utilizador da app MB Way, não partilhe com ninguém o PIN da aplicação;
  • Nem bancos nem entidades como operadoras de telecomunicações (ou outras) solicitam, telefonicamente ou por email, que adicione um número de telefone que não seja o seu à sua conta bancária;
  • Mantenha o seu contacto telefónico atualizado junto do seu banco;
  • No caso de vendas online, sempre que possível, receba os pagamentos presencialmente ou por transferência bancária.