O grupo internacional Capital Energy informou esta segunda-feira, 19 de setembro, que vai iniciar a construção do primeiro parque eólico, em Penafiel, com capacidade para fornecer energia a 43 mil habitações.

Com data de previsão até ao final do ano, “as nove turbinas eólicas desta infraestrutura renovável, com mais de 46 megawatts, podem gerar uma eletricidade limpa suficiente para satisfazer o consumo anual de mais de 43 mil lares portugueses e evitar a emissão para a atmosfera de quase 41 mil toneladas de dióxido de carbono por ano”, pode ler-se numa nota de imprensa.

O Zonda, como se vai chamar o parque eólico, “vai propiciar a criação de cerca de 290 postos de trabalho durante os períodos de ponta da sua construção, mobilizar um investimento total de 50 milhões de euros e gerar um impacto económico anual para os cofres locais de 400.000 euros”, acrescenta.

Na fase de exploração e manutenção, o parque vai dar emprego permanente a cerca de 10 profissionais da zona e gerar, todos os anos e durante a sua vida útil.