São dez as lojas do Pingo Doce situadas na região do Tâmega e Sousa que estão inscritas no programa Bairro Feliz.

Em causa estão: Penafiel (Guilhufe), Paredes (Gandra e Lordelo), Lousada (Cristelo), Paços de Ferreira (Freamunde e Paços de Ferreira), Felgueiras, Marco de Canaveses, Celorico de Basto e Resende.

As entidades locais (Associações, IPSS, Fundações, Cooperativas, entidades públicas ou privadas, etc.) ou grupos de cinco vizinhos podem, até ao dia 2 de junho, inscrever a sua ideia no âmbito deste programa. As áreas de abrangência são: Saúde, Bem-estar e Desporto, Apoio Social e Cidadania, Cultura e Património, Turismo e Lazer, Educação e Ambiente e Causa Animal.

Todas as inscrições serão avaliadas por um grupo de jurados, composto por cerca de 200 especialistas em diversas áreas de conhecimento, que irá, posteriormente, selecionar duas causas finalistas para cada loja Pingo Doce que irão avançar para votação popular. No final, a causa mais votada pela vizinhança receberá o montante necessário para a sua concretização, até ao valor máximo de mil euros. Os vencedores terão seis meses para implementar o projeto, informa um comunicado da organização.

As três edições passadas apoiaram 587 causas. O Programa Bairro Feliz insere-se na área de Sustentabilidade e Impacto Local do Pingo Doce, tendo como principal objetivo reforçar o envolvimento com a comunidade local e o compromisso com a vizinhança em cada um dos bairros onde existe uma loja Pingo Doce.

Saiba mais informações neste link.

Texto redigido com o apoio de Sara Ribeiro, aluna estagiária da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.