Foi assinado, na manhã desta sexta-feira, dia 21 de janeiro, em reunião do executivo, o protocolo de cooperação institucional no domínio da habitação, entre o Instituto de Habitação e da Reabilitação Urbana e a Câmara Municipal de Paços de Ferreira.

“Está assim concluída a primeira etapa na construção de um conjunto de novas habitações no concelho de Paços de Ferreira, destinadas a arrendamento a preços reduzidos, projeto absolutamente fundamental para o aumento da oferta de apartamentos a agregados familiares cujo nível de rendimento não lhes permite aceder a um imóvel adequado às suas necessidades”, refere um comunicado da autarquia.

Esta medida terá “particular impacto” nos jovens casais do concelho e constituirá “um apoio decisivo a muitas famílias que hoje encontram dificuldades em conseguir encontrar uma habitação com rendas acessíveis”.

Nesta reunião e no âmbito das políticas de habitação desenvolvidas pelo município, foi também aprovada a empreitada de requalificação do conjunto habitacional de Arreigada, no valor de 2,6 milhões de euros. Estes trabalhos vão incluir a substituição de caixilharias, aplicação de ETICS (Sistema de Isolamento Térmico pelo Exterior), substituição de telas de impermeabilização, aplicação de painel sandwich, entre outras.

Nas próximas semanas, os restantes conjuntos habitacionais do município terão também aprovadas as respetivas obras, num investimento global de vários milhões de euros e que “permitirá a requalificação do parque habitacional propriedade da Câmara Municipal”.