SuperAção é o nome da nova campanha lançada pelo Comité Paralímpico de Portugal, esta quarta-feira, dia 12 de janeiro, para sensibilizar e promover o desporto paralímpico.

A campanha visa “inspirar, motivar e mobilizar a sociedade em geral e, em particular, as pessoas com deficiência para a prática desportiva com o grande objetivo de captar novos talentos”, refere um comunicado da organização.

Está visível a partir desta quarta-feira nas ruas de todo o país em 40 municípios, nos canais digitais dos Paralímpicos Portugal e na televisão, rádio e imprensa escrita.

O mote SuperAção parte da desconstrução da palavra “superação”, que remete “para os atletas paralímpicos que são super no desempenho da sua atividade competitiva e para o desporto que é ação em constante movimento”. A mensagem é transmitida num registo inspiracional que ganha forma através de oito atletas de cada uma das oito modalidades com representação portuguesa nos Jogos Paralímpicos Tóquio 2020: Miguel Monteiro (atletismo), Beatriz Monteiro (badminton), Carla Oliveira (boccia), Norberto Mourão (canoagem), Luís Costa (ciclismo), Djibrilo Iafa (judo), Ana Mota Veiga (equestre) e Susana Veiga (natação).

“Incentiva – Pratica – Apoia” são as palavras que surgem em cada imagem para “estimular quem lê a aderir à prática desportiva na perspetiva de captação de novos valores para o desporto paralímpico e a incentivar os atletas nacionais pelo acompanhamento das redes sociais, newsletter e revista dos Paralímpicos Portugal, a praticar nos locais propostos no mapa de inclusão desportiva do site oficial do Comité Paralímpico de Portugal e a apoiar através da consignação do IRS ou por via de donativos espontâneos ao CPP”.

A campanha decorre entre 12 e 19 de janeiro, prolongando-se até ao final do mês e constitui-se “como uma peça relevante no lançamento do novo ciclo paralímpico que se inicia em 2022, já com olhos postos em Paris 2024, sendo igualmente divulgada nas redes sociais dos Paralímpicos Portugal”.