O comandante do Posto da GNR de Penafiel e um outro militar foram agredidos por um condutor alcoolizado, na sequência de uma operação de trânsito, que decorria em Bustelo, Penafiel, ao início da noite de sábado.

O Jornal A VERDADE conseguiu apurar que as agressões ocorreram pelas 20h15 de sábado, quando o comandante e o militar do Posto tinham iniciado uma operação de trânsito, em Bustelo. O condutor, um homem de 40 anos, encontrava-se sem identificação e depois de submetido ao teste de alcoolemia, apresentou uma taxa de álcool de 1,5 gramas por litro de sangue.

A mesma fonte referiu que quando a mulher se encontrava a chegar ao local, com os documentos do homem, este “tornou-se agressivo” com os dois militares “desferindo-lhes murros e pontapés”. Após a fuga para uma zona de monte o homem foi capturado pelos militares e por elementos de outra patrulha que se deslocaram ao local para apoiar na ocorrência.

Um dos militares ficou alguns ferimentos na mão e dores nas costas e no joelho, enquanto que o comandante sofreu lesões na cabeça, tendo sido transportados para o Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa.

O indivíduo foi detido e levado para o Posto da GNR de Penafiel. Foi depois libertado e o caso baixou a inquérito. trata-se de um homem já conhecido “pelos militares mais antigos do Posto” por agressões idênticas.