A Comissão de Proteção e Crianças e Jovens de Cinfães (CPCJ) desafia as escolas e a comunidade a abraçar a iniciativa com o lema “Serei o que me deres…que seja amor”, no mês em que se assinala a Prevenção dos Maus-Tratos na Infância.

Simbolizada pelo laço azul, a campanha pretende “alertar e sensibilizar a sociedade para o problema dos maus tratos aos mais novos que infelizmente ainda atinge muitas crianças”, salienta o município.