O Ciclo de Circo Contemporâneo no Património vai passar, até ao final do mês, por vários concelhos da região.

A iniciativa vai acontecer a partir do próximo sábado, dia 12 de março, e até 27 de março. É promovida pelo Festival Inventa e conta com peças de sete artistas nacionais e internacionais, num total de 14 apresentações.

O desenvolvimento técnico da civilização revela-se também ao nível das capacidades acrobáticas e de destreza física do ser humano. Neste contexto, o circo contemporâneo, através da sua dramaturgia e capacidade de atingir novos públicos, revela-se uma poderosa ferramenta de programação artística.

Em estreita ligação com a paisagem, potenciada pelo património da Rota do Românico, o Festival Inventa promove o Ciclo de Circo Contemporâneo no Património, com peças de sete artistas nacionais e internacionais, num total de 14 apresentações. Para além da Rota do Românico, este projeto de parceria integra também a Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, a Associação de Municípios do Baixo Tâmega e os municípios de Cabeceiras de Basto e Mondim de Basto.

Conheça a programação:

12 março, sábado

16h, Por um fio, Daniel Seabra [PT], Pavilhão Desportivo da Mota, Fervença, Celorico de Basto;

16h, Flagrant Délire, Cie. Yann Lheureux [FR], Escola EB 2,3, Marco de Canaveses.

13 março, domingo

16h, Por um fio, Daniel Seabra [PT], Centro Escolar de Cête, Paredes;

16h, Flagrant Délire, Cie. Yann Lheureux [FR], Mosteiro de Ferreira, Paços de Ferreira.

19 março, sábado

16h, Etxea/Casa/Home, Aimar & Cia. [ES], Mosteiro de Paço de Sousa, Penafiel;

16h, Rasto, Erva Daninha [PT], Mosteiro de Mancelos, Amarante.

20 março, domingo

16h, Etxea/Casa/Home, Aimar & Cia. [ES], Igreja de São Martinho de Mouros, Resende;

16h, Rasto, Erva Daninha [PT], Igreja de Tarouquela, Cinfães.

26 março, sábado

16h, Peix, Hotel Iocandi [ES], Capela da Senhora da Piedade, Mondim de Basto;

16h, Irredutível, Rui Paixão [PT], Ponte de Cavez, Cabeceiras de Basto;

21h, MiraT, Circ Panic [ES], Largo do Conde, Castelo de Paiva.

27 março, domingo

15h, Irredutível, Rui Paixão [PT], Torre de Vilar, Lousada;

16h, MiraT, Circ Panic [ES], Mosteiro de Ancede, Baião;

17h, Peix, Hotel Iocandi [ES], Igreja de Sousa, Felgueiras.

O Festival Inventa integra a operação Cultura em Rede — Tâmega e Sousa, cofinanciada pelo Norte 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

O Inventa vai dinamizar, até maio de 2022, uma vasta programação cultural em rede, numa área geográfica correspondente a 14 municípios: Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Cabeceiras de Basto, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Mondim de Basto, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel e Resende.